18 de setembro de 2009

O que procuras?

O que procuras? O que vieste fazer aqui hoje? Procuras romances? Sonho? Verdade? Procuras a mim? Ou a ti? Queres que eu te dê voz? Que escreva por ti? Que diga o que não tem coragem? Ou não sabe? Ou não acreditas? Ou não podes mais? Queres zombar? Queres me diminuir? Ou te diminuíres? Queres que eu escreva o que queres ler? Queres o meu romantismo? Ou meu realismo? Queres duvidar de que seja possível? Ou queres acreditar que seja? Queres os meus olhos? Ou os seus? Pois afirmo que não encontrarás aqui nada além de ti mesmo. É teu olhar no meu que fará destas letras algo de bom – ou ruim. Se vieres com amargura vais sair daqui acreditando ser tudo uma grande ilusão de um coração romântico bobo demais. Se vieres com esperança vais sair daqui acreditando que é possível fazer tudo alguma coisa valer à pena. Se vieres não desejando nada, é com nada que vais sair. Vais entender então, um dia, que é teu olhar que faz o teu mundo. Que amas o que é teu em outro, e a recíproca vale para o ódio. Não é o que está diante de ti, mas o que procuras. A propósito, o que procuras?

24 comentários:

Qualquer Um disse...

Cara Maria-que-Procura,

O que procuro? Esqueci. Depois de ser acarinhado pelo texto, não procuro mais. Procurei? Esqueci. Doce mesmo nao é procurar, é ser achado:-)
1 ab
Edu

Sidney Andrade disse...

Saramago, no seu "O conto da ilha desconhecida", responde por mim:
"Depois, mal o sol acabou de nascer, o homem e a mulher foram pintar na proa do barco, de um lado e do outro, em letras brancas, o nome que ainda faltava dar à caravela. Pela hora do meio-dia, com a maré, A Ilha Desconhecida fez-se enfim ao mar, à procura de si mesma." e antes: "É preciso sair da ilha para ver a ilha."
Beijo.

Desnuda disse...

Achei tudo aqui, Maria. As verdades. Obrigada, querida.


Amoroso abraço.

Ena Thais disse...

Acheei o que procurava... amo-te!

Filipe Garcia disse...

Eu vim aqui atrás de algo bonito pra ler. Veja o que encontrei: "é teu olhar que faz o teu mundo"

Obrigado pela poesia!

Poetinha Feia disse...

Eu procuro poesia e encontrei aqui!
Procuro também suavidade e também encontrei por aqui!

Saudades de ler suas palavras belas e poéticas.

Sempre muito bom passar por aqui.

Bjinhos

Marília Salles disse...

Sem precisar ir muito longe, também encontrei tudo aqui, afinal, "...é teu olhar que faz o teu mundo...", belíssimas palavras, que falam de mim, de ti e de todos nós, fala do que todos nós procuramos, mas que está em nós, não o que está diante, mas o que está além do diante, o que nos mantem vivos... a nossa procura. Suas palavras me manteram viva pelos instantes que estive aqui, e continuaram vivas dentro de mim...

Como já disse antes, escreves lindamente...

Beijos

Levi disse...

o texto só tem sentido, quanto o dado por um leitor (que por sinal, não há um sequer igual, ou seja, ao menos por um milagre, ou pela vontade de alguém muito bom mesmo, teremos dois sentidos identicos, duas pessoas procurarão a mesma coisa). Você resumiu algumas aulas minhas em um texto :)

Lua disse...

Adorei o texto e eu ultimamente procuro a paz!

adorei o blog, beijos!

Luh* disse...

Adoreii o texto! mexeu comigo!
nem eu sei o que procuro! e acho q isso é bom!

beijos

Leo Mandoki, Jr. disse...

procuro sossego

Branca disse...

...é o meu olhar que faz o meu mundo,então procuro muito amor...


Que vc tenha uma excelente semana...bjo!

Fran disse...

Lindo, muito perfeito!
Escrevemos nossas opiniões, mas elas não podem mudar o mundo dos outros...

Beeijos!

SAM disse...

Obrigada, querida Maria. Que o perfume e as cores da primavera preencham os seus dias.


Carinhoso beijo.

Vanessa disse...

-
Ótimo recado

.

fernando disse...

de maneira indireta, você se apropria do esquema de comunicação com maestria, colocando seu leitor em pleno diálogo com o texto.
Procuro não procurar, mas meu objeto não é um anda vazio, apenas uma incógnita desenhada pelo olhar.

meus instantes e momentos disse...

apenas, te desejar um feliz final de semana.
Gosto daqui, gosto de ti.
Maurizio

Roberta Blá disse...

Nossa, esse texto realmente me tocou. Busco esperança e aqui encontrei a energia que aqueceu o meu coração, e de alguma me fez realmente acreditar que os meus sonhos são possíveis!
adorei o texto, adorei o blog!
parabéns
beeeijos Maria ;)

Auíri Au disse...

Ainda procuro!
Seja romântico, careta, corajoso, mais ou menos, isso ou aquilo, este ou isto!!
Ainda procuro!

Pimenta disse...

Nem sempre quem procura quer achar.
Como papel em branco, me ponho a olhar o colorido mundo em que estás.
Quem procura, pré estabelece o que busca,quem observa recebe a dádiva mais pura.
bjo

«Line» disse...

Realmente a vida é a projeção que fazemos dela.

Ultimamente procuro eu mesma, e aqui e acolá, vou achando pedaços meus e montando-me. Jogo divertido, posso afirmar!

Bjm Maria, sempre bom demais ler vc!

Sabrina Davanzo disse...

Lindo, Maria! Especialmente essa parte: "Vais entender então, um dia, que é teu olhar que faz o teu mundo. Que amas o que é teu em outro..."
E é isso que procuro.. a minha parte perdida em alguém.

Beijos!

Sandra Leite disse...

Um segredo te conto: eu encontrei a palavra desnuda, bendita.

E nela me revesti. Bendita

Grã disse...

Procuro o que todo mundo procura um pouco de você, um pouco de mim, procuro alguém olhando na mesma direção para compartilhar as impressões de nosso horizonte, procuro algo belo. "Palavras de um futuro bom".

Procuro respostas!

Procuro "terra" para tapar alguns buracos, procuro vida, procuro palavras, caço idéias.

Procuro... alguém com quem caminhar por algumas linhas.

E agora Maria,

o que você quer de mim?