23 de maio de 2009

.

Todo começo pede um ponto final.

Ponto.

37 comentários:

Luana Gabriela disse...

Ah Maria quem me dera começar e terminar tudo com um ponto... tenho "mania" de começar e terminar com reticências ... (percebe-se)

Quanto ao texto do Caio Fernando Abreu sinta-se a vontade para usá-lo também... é lindo mesmo!!

Bom final de semana!

Bjos

Sandra Leite disse...

Maria,

Sou fã dos pontos, dependente confessa. Ponto que é minha resposta, a minha verdade. Mas o ponto dói, nunca é fácil. Exige de mim aquilo que não tenho. Mas me fala o que é fácil?

Vou te linkar ao Isso é Bossa Nova, tá? Preciso te ler mais:)Seus textos me deixam sempre em exclamação, ainda que seja através do ponto.


beijos

Sidney Andrade disse...

Isso é talvez apenas mais um ponto de vista.
Com o perdão do trocadilho já batido. xD

beijo.

mahilda disse...

Maria estou prestes a utilizar este ponto, não aguenta mais as reticências da vida.Bjim

paulo disse...

... e cabem tantos em um só alguém!


beijos meus


^^

Desnuda disse...

Raras vezes dou um ponto...E dou tantos que acabam em reticências. E estas, trazem repetições, hábitos que mão raro prolongam um desnecessário sofrer. Uma angustia pela incapacidade culpada do não saber dar um ponto final. Ainda preciso muito aprender. Me dar o direito de um " ponto final", sem culpas.


Grande beijo, querida.

Erica Maria disse...

Linda a sua colocação, mais eu ainda prefiro as reticências...

Lindooo texto viu?

Saudades de ti, sumidaaaa!!!

Bjos em teu coração!

Michele Hubner disse...

as vezes este ponto machuca.

Mayana Carvalho disse...

Na maioria das vezes quando não queremos chegra ao desenvolvimento..

Mário Sioli disse...

Você é sempre muito encatandora...

Espero que suas histórias sempre tenham muitas coisas bacanas para se recordar antes que chegue aos pontos finais... Então você conta pra mim, risos
Beijos no coração

Daniel Cittadella disse...

Pontos. Que os pontos finais sejam abolidos, e que os pontos, aqueles outros, sejam começos de novas sentenças. Melhores? Quem sabe? Mas novas, pelo menos (ponto "abolido" final)

bjos

Lá Cociuffo disse...

O meu problema é que eu sempre fico nas reticencias....

Subsenso disse...

=]
A flor da pele.

Aninha disse...

Oi!
Frase profunda eim?!
hehe

adorei teu blog e estou te seguindo ok?!

se der dah uma passadinha no meu!

bjinhos*~

Denise disse...

Tem aquela canção do Lenine que fala:
Vamos começar
Colocando um ponto final
Pelo menos já é um sinal
De que tudo na vida tem fim

Vamos acordar
Hoje tem um sol diferente no céu
Gargalhando no seu carrossel
Gritando nada é tão triste assim

É tudo novo de novo
Vamos nos jogar onde já caímos
Tudo novo de novo
Vamos mergulhar do alto onde subimos

Vamos celebrar
Nossa própria maneira de ser
Essa luz que acabou de nascer
Quando aquela de trás apagou

E vamos terminar
Inventando uma nova canção
Nem que seja uma outra versão
Pra tentar entender que acabou


E depois do PONTO..........é tudo novo de novo
beijo
Denise

Susanna disse...

Antes do ponto, respira fundo pra ter certeza do uso, conta até cinco, abre os olhos e esquadrinha o seu querer. Decidida? (Lembre-se que nada é definitivo!) Agora sim, ponto.

Pula uma linha, parágrafo!

Beijo, irmãzinha!

Qualquer Um disse...

Cara Maria,

O ponto final pode ser um ponto de interrogação :-)

um ab
Edu

Samelly Xavier disse...

e, todo meio, merece, vírgulas.

p(r)onto.

Lilian disse...

um ponto e um suspiro.

Fernanda disse...

E todo ponto final, pede um novo parágrafo. Ou quem sabe, um 'ps'....


adorei aqui.
:*

Paulo disse...

Olá, Maria!

? , ? .
...

!!!

Sarah S disse...

Por esse motivo odeio pontos finais :/

Ena Thais disse...

Lindooo...lindooo...lindooo!!!

Beatriz Cró disse...

E começamos um novo paragrafo.

Luciana Andrade disse...

Concordo em gênero, número e grau!
Bom restinho de semana, flor!

Alicinhacardoso disse...

É exatamente disso que tô precisando.

Pati disse...

Meus textos são cheios de reticencia, mas na vida, eu nunca tive medo de colocar ponto final! é ótimo! PONTO

fernando disse...

Como diz uma das belíssimas letras da banda Los Porongas: "Todo inicio tem um fim/ Tanto sempre sempre acaba."

.: Juliana :. disse...

Oi amada!
Obrigada pelas palvras, muito me ajudaram.
Hoje estou melhor, ainda mais lendo os recadinhos de carinho que recebo :)

E com certeza, todo começo tem que ter um ponto final.

Bjão querida.

Diii disse...

Oiee florzita!!

Meu novo blog: www.dhivp.wordpress.com

Te espero lá, viu?

Beijo grande!

Denise disse...

Tem presentinho pra vc lá no blog

De

Sabrina Davanzo disse...

e não é? não existe história sem fim.

guilhermina, (ataulfo) e convidados disse...

"nem tudo termina, algumas coisas param"
da peça In on it
bj

Amora disse...

olá, dps de algum tempo, voltei.

dps dá uma passada lá.

estava matando as saudades dos seus textos, continuam lindos. um dos poucos que faço questão.

beijos!

Sabrina MCosta disse...

Veja bem Maria,
onde está José agora?

gostei muito
:*

Paulo disse...

Olá, Maria!

Pontos são necessários. Podem encerrar um ciclo, mas há a obrigatoriedade do recomeço, o brilho do canto...e a canção é tudo.

Seus sentimentos são poesia, espero que voltes logo!

Saudades...

Afobório. disse...

acho que o final é uma transformação.


sorte e luz, sempre.