7 de abril de 2009

Ela

Tem olhos hipnóticos (...). E a gente sente que ela não espera mais nada de nada nem de ninguém, que está absolutamente sozinha e numa altura tal que ninguém jamais conseguiria alcançá-la. Muita gente deve achá-la antipaticíssima, mas eu achei linda, profunda, estranha, perigosa. É impossível sentir-se à vontade perto dela, não porque sua presença seja desagradável, mas porque a gente pressente que ela está sempre sabendo exatamente o que se passa ao seu redor.

Caio Fernando Abreu

5 comentários:

Susanna disse...

Caramba, Maria!

Eu me sinto assim... Acho que sou assim, como o Caio disse nessas linhas aí.

Você também é?
Então somos irmãs de olhos..

Meu beijo!

Afobório. disse...

o Abreu é um dos meus preferidos.
acho que ele escreve bem demais.

sorte e luz, sempre.

fernando disse...

Não conheço o autor, mas gostei do texto, me instigou a lê-lo, obrigado!

Desnuda disse...

Sou apaixonada por Caio Fernando, Maria!


Beijão

Diii disse...

Oieeeee, MAria!

Tenho essa descrição no meu blog!!

Linda, né?

Beijo!