26 de fevereiro de 2009

Escuta

Escuta: Eu te deixo ser, deixa-me ser então. C.L.

Penso que não precisava de ti. O que eu precisava era do encontro com o amor. Penso que sempre busquei o caminho e não a chegada. E assim chegaste à forma de caminho. Deste-me bem cedo o caminho livre para seguir, sabendo que estarias do meu lado, mesmo que não possa ver-te. Foste à amizade mais sincera, mais abnegada. E embora a saudade, por vezes, seja quase sufocante, as lembranças me remetem ao caminho que me apresentas-te. Tenho seguido nele. Tiveste tanta sabedoria de deixar-me livre, porque assim prendeu-me eternamente a ti. E quase acredito que a surpresa irá chegar a alguma esquina e esperar-me. Serão teus braços e abraços, e entenderei que o caminho que me deste e me fez seguir levaram-me tão somente a ti e ao teu amor, a liberdade que sempre busquei.

Transforma-se o amador na coisa amada,
Por virtude do muito imaginar;
Não tenho logo mais que desejar,
Pois em mim tenho a parte desejada.

Camões

16 comentários:

fernando disse...

Cara Maria: O seu texto é muito bom, a mescla de poesia na prosa, mostra uma cara moderna, mas com a citação de Camões ao fim, não renega o passsado clássico.
Gosto Muito do mito do andrógino, o qual nos diz que no inicio havia homens, mulheres, e seres que uniam os dois gêneros em um só corpo, estes após serem castigados, passavam suas existências a procura da metade que lhes tinha sido apartada por Zeus.

Amora disse...

O amor que liberta o amante
O amante que deixa livre o amado
O amado que se prende em liberdade
O amante ama livre, o amado
O amado ama preso, à amarra

guilhermina, (ataulfo) e convidados disse...

É por isso que quando amamos somos sempre três envolvidos: eu, o outro e o amor. É com este último que enredo meu compromisso e minha lealdade, o resto é consequência.
Que texto bonito!
Bj
Guilhermina
www.esquinadodesacato.blogspot.com

Luana Gabriela disse...

O amor é liberdade... nos dá até mesmo a liberdade de estar preso por vontade!

=D

Ótimo texto!!

Bjos, Maria

€ster disse...

Oi Maria querida!

Como não tenho o seu email, vou deixar mais algumas explicações sobre a Blogagem Coletiva aqui mesmo:



A blogagem coletiva gira em torno de um tema central que é "Inclusão Social", dentro desse tema há muito o que ser falado sobre as minorias marginalizadas, sejam elas moradores de rua, favelados, deficientes físicos, vítimas de racismo, vítimas de violências domésticas, viciados, etc... Você poderá postar um texto de sua autoria dando sua opinião, ou colocar texto de outros autores, escrever uma poesia, colocar vídeos, enfim, vc escolhe a maneira como vai postar.

Todos os participantes irão postar no mesmo dia, que é dia 09/03. Se houver algum problema de postar nesse dia, postar antes e deixar para que os outros participantes possam ver sua postagem e comentarem. Todos irão visitar uns aos outros. A idéia é essa conhecermos novos pensares e novas pessoas.

Todos postarão em seus respectivos blogues. E se possível, colocar o selo da blogagem coletiva no lado direito de seu blog para ajudar na divulgação.

Coloquei alguns sites no meu blog, para auxiliar na pesquisa,

Abs,

Philip Rangel disse...

Muito bom mesmo saber que vc esta na blogagem coletiva...e vim aki conhece rmais um novo amigo....


ler seu blog e ver essa forma de poesia antiga com a recente me deixo vontade de esta sempre aki....

parabens

Gabi disse...

tava com muita saudade daqui.

bjos

guilhermina, (ataulfo) e convidados disse...

Passei novamente só para te dizer que deixei um selo para vc na esquina.
Bj
Guilhermina

Clarissa Santos. disse...

Vou deixar que fale por mim, Vinicius de Moraes:
"Eu sei e você sabe, já que a vida quis assim
Que nada nesse mundo levará você de mim
Eu sei e você sabe que a distância não existe
Que todo grande amor
Só é bem grande se for triste
Por isso, meu amor
Não tenha medo de sofrer
Que todos os caminhos
Me encaminham pra você
."

Texto Belíssimo, Maria! BELISSIMO!
Demasiadamente intenso! :)

Desnuda disse...

Querida Maria,


è constante ler seus textos e banhar meu ser com eles....Impressionante a afinidade que tennho com o que escreve e como sou-lhe grata por ler a mim mesma, inúmeras vezes , quase na totalidade. As vezes não sei se são os meus olhos que lêem ou meu espírito que desvenda tantas semelhanças. Trazendo a tona diante dos meus olhos o que guardo na alma. Obrigada!


*Tem uma brincadeirinha no Desnuda para você, Maria!


Beijos, querida! Te adoro!

Branca disse...

Amor precisa de liberdade, de confiança...qdo amamos, mesmo que sejamos livres, tudo o que queremos é estar presa àquela pessoa, mas sem imposições, sem cobranças...

Ótima semana pra vc,
bjos!

serena samy disse...

É maravilhoso encontrarmos a ESSÊNCIA da vida O AMOR!!!
Adorei seu texto!Parabéns...rs!

lyani disse...

Sou sua fã.
Definitivamente. Esse texto está perfeito, perfeito.
E a frase inicial de Clarice é linda também :D
Bjos,
Ly

Maria Fernanda disse...

Precisar só do amor? como?

Auíri Au disse...

Quanto amor, nas palavras....
Fechando com Camões, respiro até aqui do outro lado esse ar vermelho....
Que seja recíproco o dono da inspiração!!

Beijos

jean disse...

Obrigadíssima...